domingo

A Redação



   



Uma professora do ensino básico pediu aos alunos que fizessem uma redação sobre o que gostariam que Deus fizesse por eles..


A
o fim da tarde, quando corrigia as redações, leu uma que a deixou muito emocionada. O marido, que, nesse momento, acabava de entrar, viu-a a chorar e perguntou:

- O que é que aconteceu? '

Ela respondeu:

- Lê isto. Era a redacção de um aluno.

*'Senhor, esta noite peço-te algo especial: transforma-me num televisor. Quero ocupar o lugar dele. Viver como vive a TV da minha casa. Ter um lugar especial para mim, e reunir a minha família à volta ... Ser levado a sério quando falo... Quero ser o centro das atenções e ser escutado sem interrupções nem perguntas. Quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe quando não funciona. E ter a companhia do meu pai quando ele chega a casa, mesmo quando está cansado. E que a minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de me ignorar.. E ainda, que os meus irmãos lutem e se batam para estar comigo.. Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para passar alguns momentos comigo. E, por fim, faz com que eu possa diverti-los a todos.
Senhor, não te peço muito...Só quero viver o que vive qualquer televisor.'*

Naquele momento, o marido de Ana Maria disse:

- 'Meu Deus, coitado dessa criança! Que pais'!

E ela olhou-o e respondeu:

- 'Essa redação é do nosso filho'

4 comentários:

filipe e lu disse...

Amei a reflexão. Muito profunda e verdadeira, é de coisas edificantes e que que nos leve à reflexão que realmente precisamos. Parabéns pela postagem.

bjs, LU

♥AngelPhe♥ disse...

Lindoooo...me emocionei e realmente as vezes os valores se perdem....bjim

Moises disse...

Como ficção é interessante. Mas, na realidade uma criança não escreve assim... aliás não manda recados; você em que ver no comportamento dela o que pode indicar esta carência. Então, se quer mesmo estar atento não espere uma carta.

Male Enhancement disse...

I love Dogs :)

BLOG DO BEM

Este blog contém imagens e textos que foram coletadas da internet, sem nenhuma restrição ao uso público.
Caso você saiba de algum post aqui publicado, sem identificação de autoria, peço-lhe, que me informe para dar os devidos créditos.
Este é um blog do bem.

Vamos Louvar ao Senhor?